quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

O glaciar de Vatnahjokull na Islândia, seria apenas mais um na extensa lista de glaciares árticos não fosse a particularidade de por debaixo deste se situar o bastante activo vulcão de Grimstvotn.

Cada vez que este vulcão entra em erupção derrete o gelo que se encontra a cobri-lo e a água resultante desse degelo vai interagir com a lava dando origem a explosões que libertam grandes quantidades de cinza e vapor de água.

Se a erupção for suficientemente longa e intensa, o calor libertado pode derreter grandes quantidades de gelo, escavando um canyon no glaciar que vai libertar grandes quantidades de gelo, lama e pedras nas regiões proximas do glaciar, numa inundação catastrófica que tem o impronunciável nome de Jokulhlaup.


Islândia, uma terra de extremos!!!

4 comentários:

Ana disse...

Obrigada, ajudou muito no meu trabalho escolar^^

Anónimo disse...

Estou fazendo um trabalho da faculdade sobre o país e foi de grande valia...bigadu

Anónimo disse...

Quais são as consequências do vulcão Gallatiri?

Anónimo disse...

que saite merda