sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Sistema Solar

Sol

Na sua zona mais interna, o núcleo, é onde se origina a sua energia por meio de reacções termonucleares de fusão. É acima desta camada que é transmitida por meio de radiação a energia gerada no núcleo. A próxima é a fotosfera onde estão as manchas solares. Estas manchas são utilizadas como indicador da actividade do Sol, quanto mais manchas tiver mais activo estará. Este número muda em ciclos de aproximadamente 11 anos.

Planetas:
Conceito: Um planeta é um corpo celeste que órbita à volta do Sol, com massa suficiente para ter gravidade própria e uma forma arredondada e que é dominante na sua órbita.

Mercúrio:
Em relação à maioria dos outros planetas, a órbita de Mercúrio é uma elipse bem pronunciada. Assim, quando o planeta se aproxima do Sol,a sua velocidade de translação é quase igual à de rotação, produzindo um curioso efeito: visto de Mercúrio, o Sol pode nascer e se pôr duas vezes num único dia.
A maior estrutura na superfície é uma imensa cratera com 1.300 km de diâmetro, chamada bacia Caloris. Foi proveniente de um impacto tão violento que expulsou parte do manto de Mercúrio, criando picos de 2 km de altura e espalhando escarpas e fracturas até na face oposta do planeta.
Mercúrio leva quase 88 dias terrestres para completar uma volta em torno do Sol. Para ter um ano tão curto é preciso viajar rápido (não é à-toa que é chamado o mensageiro dos deuses). No entanto, o planeta leva menos de 60 dias terrestres para completar uma volta em torno de si mesmo. Isto significa que dois anos em Mercúrio têm apenas três dias!
Poderíamos pensar que Mercúrio é o planeta mais quente do Sistema Solar, afinal é o mais próximo do Sol. Mas é a presença de uma atmosfera que mantém a temperatura mais ou menos uniforme e, como quase não tem atmosfera, os contrastes de temperatura em Mercúrio são elevados, podendo variar de 430ºC a -180ºC. Deve haver gelo no interior de algumas crateras polares.Mercúrio recebe sete vezes mais luz que a Terra.


Vénus:

Ele é o mais quente dos planetas do sistema solar, já que, ao contrário de Mercúrio, possui atmosfera para reter calor.
A sua rotação é retrógrada, (o Sol nasce a oeste e se põe no leste) e extremamente lenta: leva mais tempo para dar uma volta sobre seu eixo (243 dias) do que para completar uma volta em torno do Sol (225 dias). Então um dia em Vénus é maior que um ano!
Vénus reflecte 2/3 da luz que recebe do Sol, um esplendor que lhe valeu o apelido de estrela-d'Alva.
A temperatura de Vénus é capaz de fundir o chumbo e a sua pressão atmosférica é 90 vezes maior que a terrestre.
A densa atmosfera de Vénus contribui para uma luminosidade escassa na superfície (como um dia nublado na Terra). Mas a densidade não é homogénea e produz refracções múltiplas, originando várias imagens de um mesmo objecto: do solo de Vénus é possível ver dois ou três sóis.

Terra:

Entre os planetas: Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno, a Terra foi o ultimo a ser descoberto! Descobrir planetas no céu até que foi fácil. Mas daí para nossos antepassados deduzirem que também habitávamos um deles foi outra história.
A palavra planeta vem do latim e significa errante (que se move) e para os antigos a Terra permanecia fixa no centro do universo, portanto jamais seria um planeta.
Como todos os planetas do sistema solar, a Terra também possui o nome de um deus mitológico. Na Antiguidade a Terra era chamada pelos gregos de Gaia, divindade que a representa.
O sol da meia-noite é a designação comum para o fenômeno que ocorre no círculo polar árctico e no antárctico, quando o sol não se põe durante pelo menos 24 horas seguidas, devido à inclinação do eixo terrestre. Em latitudes superiores a 80° o sol não se põe durante mais de dois meses.
A Terra, como todos os planetas do sistema solar, realiza dois movimentos:
Rotação: girando ao redor de seu próprio eixo gerando o dia e a noite.
Translação: é o movimento planetário ao redor do sol. Durante este período a Terra sofre inclinações em seu eixo, fazendo com que os dois hemisférios não permaneçam igualmente expostos à luz e o calor solar, gerando as estações do ano.

Marte:
Marte possui o maior vulcão do sistema solar, Olympus Mons, com 600 km de largura e três vezes mais alto que o Everest.
Ele possui antigos leitos de rios secos sendo realmente descoberto um lago congelado.

Júpiter:
Tem 14000 vezes o volume da Terra, mas é apenas 318 vezes mais massivo.
Sua atmosfera é cheia de nuvens com ventos superiores a 650 km/h.
Júpiter precisaria ser entre 50 a 100 vezes mais maciço para que seu núcleo estivesse quente o suficiente havendo assim reacções termonucleares tornando-se uma estrela como o sol.
O planeta Júpiter é duas vezes maior do que todos os outros planetas, satélites, asteróides e cometas do nosso Sistema Solar juntos.

Possui um poderoso campo magnético, 14 vezes mais intenso que o terrestre e que se estende para além de Saturno, mas é invertido em relação ao nosso. Lá, a agulha de uma bússola trava rapidamente sem oscilações, e onde indicar o Norte, não tenha dúvida, é o Sul.
Se fosse oco, dentro dele caberiam todos os outros planetas ou 1.400 “Terras”.
Se fosse chato como um disco, seriam necessários quase de onze diâmetros da Terra para cobri-lo de ponta a ponta.
Júpiter possui o maior satélite do sistema solar, Ganimedes.

Saturno

No volume ocupado por Saturno cabem 760 Terras com folga. Porém sua massa é apenas 95 vezes maior que a terrestre, o que resulta numa densidade menor que a da água. Resultado: se fosse possível colocar o planeta numa enorme piscina ele flutuaria!
A baixa densidade também pode ser confirmada por outra característica notável de Saturno: ele é o planeta mais achatado de todo o Sistema Solar. O diâmetro polar é 10% menor que o equatorial.

Urano
A rotação de Urano é invulgar em todo o Sistema Solar, primeiro por o eixo de rotação se encontrar praticamente contido no plano orbital, com o pólo Sul voltado para o Sol, e depois por se fazer no sentido retrógrado. Isto quer dizer que Urano possui somente um lado iluminado pelo Sol e sua rotação se dá de oeste para leste.

Neptuno

Uma poderosa fonte interna de calor – que emite quase o triplo da energia recebida pelo Sol – garante os movimentos convectivos da atmosfera de Neptuno, responsáveis pelos ventos mais velozes de todo o Sistema Solar, por volta de 2.000 km/h.
Em Neptuno existe um ciclone maior que a Terra, chamado Grande Mancha Escura. Ele leva 10 dias para completar uma rotação em torno do planeta, no sentido anti-horário. No centro desse gigantesco furacão uma grande massa de nuvens brancas lhe dá a aparência de um olho gigante.



Planetas Anões:
Conceito: São corpos celestes muito semelhantes aos planetas, mas não possuem uma órbita desimpedida. Por exemplo: Plutão, que chega a entrar na órbita de Neptuno em certas épocas.

Plutão:

Até 2006, Plutão era considerado um planeta principal, mas a descoberta de vários corpos celestes de tamanho comparável, e a de Éris, um outro planeta anão, maior que Plutão, no cinturão de Kuiper, fez a União Astronómica Internacional (UAI) decidir considera-lo um planeta anão, juntamente com Ceres e Éres.
Possui um satélite maior chamado Carionte e dois menores descobertos em 2005: Nix e Hydra.
Hidra e Nix medem entre 48 e 165 km de diâmetro e demoram respectivamente, 38 e 25 dias para completar uma volta em Plutão.
O diâmetro de Caronte é de 1212 km, ou seja, metade do de Plutão (2300 km)
Se as medidas estiverem correctas, o período de rotação de Caronte coincide com a rotação de Plutão: um caso único no Sistema Solar.

Éris:

Um planeta anão encontrado nos confins do sistema solar recebeu o nome de Éris, a deusa romana da discórdia, por ter sido o principal causador do rebaixamento de Plutão para planetaanão. Localiza-se numa região conhecida como disco disperso. È o maior planeta anão do sistema solar, ficou pouco tempo conhecido como o “décimo planeta” devido a ser maior do que Plutão. A Sua translação dura 560 anos e encontra-se a 97 unidades astronómicas do Sol (uma unidade astronómica vale em média 50.000.000 km). Ele tem, um satélite, chamado Disnomia
Estima-se que Disnomia seja 8 vezes menor e 60 vezes menos brilhante do que Éris.
A temperatura média de Éris é -243°C.

18 comentários:

Anónimo disse...

AFFE ESSE SITE É RIDICULO NUM PRESTA PRA MERDA NEHUMAA VEE SI ARRUMAA ESSA MERDAA ;)

porque eu num encontrei nadaa seuss burro :@

ines disse...

adurei se podesse saber mais
eu adoro planetas mas gostava mais de poder estar nun planeta como por ex: marte....

Anónimo disse...

Esse site é maravilhoso adorei encontrei tudo que precisava!!!!!
As informações são ótimas!


PARABÉNS

Anónimo disse...

este site não tem nada do que eu precisava... não tem curiosidades nenhumas de jeito...

formativos disse...

Gostei muito da forma simples e directa de explicar o nosso sistema solar. Parabéns!

Ivete Sangalo e sua fã disse...

achei q acharia o q eu estava preucurando mas nao foi dessa fez quem sabe na prosima ue consigo achar!

Anónimo disse...

gostei de desse blog

Anónimo disse...

quem critica que faz melhor. Aqui é sobre curiosidades do sistema solar, e foi o que eu achei.
Se quer saber de outros temas que procure.
Parabéns ao autor.

Anónimo disse...

podia por mais alguma coisa

Anónimo disse...

muito bom esse saite

jasmim disse...

eu gostei caikl bem no ponto onde eu qeria

Anónimo disse...

o blog é bom.
fala mal todo mundo fala mais dificil
é fazer melhor.

giovannakely disse...

afffe , esse site não presta ve se arruma esse trosso não encontrei nada do q eu preciso...minha irmã:adorei esse site tem td o q eu preciso saber sobre o meu dever de casa , eu amei quem é o dono desse site ta de parabéns minha irmã q é muito chata não liguem pra ela ela é assim mesmo , mais eu admito , mesmo sendo minha irmã doida eu amo ela de coração haaa ela tem 11 anos e eu tenho 10 ta bom?

Anónimo disse...

cara amei esse site! Era tudo o que eu precisava para o meu trabalho de ciências! To até me interessando por esse assunto!
Gostei! Muito bem!
Parabéns!:-)

Anónimo disse...

me ajudou muito

leila pires disse...

espero que sej verdade pois é para um trabalho mas otimo adorei! obg pela ajudinha!>.<

fabricio disse...

UAAAAAAAAAAAAALLLL dimais muito legal

Anónimo disse...

AMEI!!! Principalmente sobre eris